Bolsonaro rebate elogios de ex-líder da Ku Klux Klan

Rosto mais conhecido do grupo racista Ku Klux Klan (KKK) nos Estados Unidos, o historiador americano David Duke fez um raro comentário sobre a política brasileira no programa de rádio que comanda: “Ele soa como nós. E também é um candidato muito forte. É um nacionalista”, disse o ex-líder da KKK sobre o candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL). As informações são da BBC Brasil.

Jair Bolsonaro manda recado no Twitter após elogios de ex-líder da Ku Klux Klan

“Ele é totalmente um descendente europeu. Ele se parece com qualquer homem branco nos EUA, em Portugal, Espanha ou Alemanha e França. E ele está falando sobre o desastre demográfico que existe no Brasil e a enorme criminalidade que existe ali, omo por exemplo nos bairros negros do Rio de Janeiro”, afirmou Duke em um programa de rádio que foi ao ar no dia 09 de outubro.

Após a repercussão dos elogios, Bolsonaro usou seu perfil no Twitter na tarde desta terça (16) para responder aos comentários: “Recuso qualquer tipo de apoio vindo de grupos supremacistas. Sugiro que, por coerência, apoiem o candidato da esquerda, que adora segregar a sociedade. Explorar isso para influenciar uma eleição no Brasil é uma grande burrice. É desconhecer o povo brasileiro, que é miscigenado”, escreveu o político.

16/10/2018

(Visited 1 times, 1 visits today)